BPFron completa seis anos de atuação e divulga balanço de apreensões


Há seis anos o Estado do Paraná, por meio dos Poderes Executivo e Legislativo, da Polícia Militar e da sociedade civil organizada, criou e instalou o (BPFron) Batalhão de Polícia de Fronteira na cidade de Marechal Cândido Rondon.

Além da 1ª Companhia na sede, o batalhão conta com mais duas companhias situadas nas cidades de Guaíra e de Santo Antônio do Sudoeste, ampliando seu campo de atuação nos 150 km da faixa de fronteira, atendendo os 139 municípios que a integram.

A assessoria de comunicação do BPFron divulgou um balanço de apreensões desde a criação do batalhão.

Durante os primeiros seis anos, no combate ao tráfigo de drogas foram apreendidas 36 toneladas de maconha, 132kg de crack, 157kg de cocaína e 152kg de haxixe.

Sobre as apreensões referentes ao tráfico de armas, foram recolhidas 497 armas de fogo e 25 mil munições.

Entre os produtos ilícitos contrabandeados, 83 mil unidades de anabolizantes, oito toneladas de agrotóxicos e 2,7 milhões de pacotes de cigarros de fabricação paraguaia.

Pelo menos 2.872 pessoas foram presas e 336 veículos roubados recuperados.

Hoje o BPFron atua no ambiente aquático e ribeirinho, através do Pelotão de Ações Aquáticas – COBRA, no ambiente urbano com o Pelotão de Rondas Ostensivas com a Aplicação de Motociclistas – ROCAM e as equipes de policiamento Tático Motorizado, potencializando as ações e os resultados com o Grupamento de Operações com Cães, e ainda, com o Pelotão de Pronto Emprego em Operações de Choque.

A efetividade do Batalhão de Polícia de Fronteira se traduz nos resultados das ações e operações que são superados ano após ano. O BPFron conta com apoio e colaboração da sociedade para continuar fechando o cerco contra o crime na região. O cidadão de bem pode denunciar anonimamente situações ilícitas por meio do telefone 190.

TRX Online com informações do BPFron