Terra Roxa – População vai às ruas em apoio aos caminhoneiros


A greve dos caminhoneiros ganhou força em Terra Roxa. Nesta segunda-feira (28), milhares de pessoas foram às ruas e se manifestaram contra o aumento de impostos e do preço do diesel.

A manifestação, organizada pelo Sindicato Rural, reuniu empresários, funcionários, estudantes, representantes de instituições, associações e sindicatos. Estima-se que cerca de 2.000 pessoas participaram do ato.

Os manifestantes se reuniram em frente a Prefeitura Municipal e seguiram pacificamente em caminhada pela avenida Presidente Castelo Branco, até a PR-496, no local onde estão reunidos os caminhoneiros desde a quinta-feira (24).

Autoridades e lideranças discursaram e se pronunciaram favoráveis à manifestação. Entre elas o prefeito Altair Donizete de Pádua, presidente da Aciatra (Associação Empresarial de Terra Roxa), Suely Bachiega, coordenadora do Apl (Arranjo Produtivo Local), Tereza Topolniak, presidente do Sindicato Rural, Vagner Rodrigues, vereadores Gilmar Bloch, Carlos Adelson Diniz, Jéssica Serra e Marlene Martim de Oliveira, além de caminhoneiros.

Neste domingo (27), o presidente Michel Temer anunciou a redução de R$ 0,46 no litro do diesel por 60 dias, o estabelecimento de uma tabela mínima dos fretes e a isenção da cobrança de pedágio para eixo suspenso em caminhões vazios, em rodovias federais, estaduais e municipais.

A greve dos caminhoneiros já dura oito dias. Algumas entidades de caminhoneiros dizem ter aceitado a proposta do presidente, enquanto outras não tratam a paralisação como encerrada. Outros representantes afirmam que nem todas as reivindicações foram atendidas.

TRX Online com informações da Assessoria de Comunicação PMTR