Terra Roxa – Município será contemplado com 20 casas populares


Uma parceria entre a Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social e a Itaipu Binacional vai possibilitar a construção de 320 casas em 16 municípios do Oeste do Paraná, incluindo Terra Roxa. Nesta segunda-feira (04), prefeitos e representantes destas cidades assinaram na Secretaria da Família o convênio para construção das moradias destinadas a pessoas em vulnerabilidade social.

Esta é a primeira parceria firmada entre a Itaipu e a Secretaria da Família. “É uma união de esforços, que já somos acostumados a fazer, e que recebe agora a Itaipu. Além das casas, a empresa desenvolverá com o Estado um projeto para recicladores que auxiliará famílias a se emanciparem”, disse a secretária da pasta, Fernanda Richa.

Serão 20 casas por município, com investimento previsto de R$ 60 milhões, com contrapartida das prefeituras. Os municípios foram elencados pelo índice de desenvolvimento das famílias (IVF), desenvolvido pela Secretaria da Família, que analisa outros fatores além da renda familiar e do índice de desenvolvimento humano (IDH), como condições de habitação.

O diretor-geral brasileiro da Itaipu, Luiz Fernando Vianna, explicou que com o IVF a empresa pôde dimensionar as ações para atender as pessoas que mais precisam. “A secretaria tem os dados e elementos para classificar os municípios. Sem esta parceria esse projeto não seria possível”, afirmou Vianna.

RECICLADORES – Outras ações vão envolver 54 municípios da área de influência da Itaipu e atender as dimensões ambiental, social e econômica. Vianna ressaltou que a responsabilidade socioambiental é um compromisso do planejamento estratégico da Itaipu e inclui ações aos públicos interno e externo.

A novidade, que será detalhada em breve, diz respeito à reciclagem de resíduos. Será feito um trabalho de sensibilização para a coleta seletiva, além da criação de meios para o processamento e venda dos resíduos. “Esse trabalho vai beneficiar pessoas de baixa renda, em vulnerabilidade social, na área de atuação da Itaipu”, afirmou Fernanda.

O prefeito de Terra Roxa, Altair Donizete de Pádua, disse estar contente com essa parceria que visa atender a população carente do município. “Temos áreas de risco em Terra Roxa, uma grande demanda. Essas 20 casas já ajudam muito”, afirmou.

ÍNDICE – Os indicadores que balizam os projetos sociais desenvolvidos pela Secretaria da Família são desenvolvidos pelas equipes técnicas e levam em conta vários fatores específicos da área.

O Índice de Vulnerabilidade das Famílias (IVF-PR) foi elaborado para identificar e orientar a seleção daquelas incluídas no Família Paranaense, principal estratégia do Governo do Estado para a redução da pobreza e promoção das famílias. O sistema foi criado em parceria com o Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (Ipardes) e os dados são gerados a partir do Cadastro Único dos Programas Sociais (CadÚnico).

O cálculo do índice considera 19 parâmetros divididos em quatro áreas. São analisados pontos referentes à adequação do domicílio; ao perfil e à composição familiar; ao acesso ao trabalho e à renda; e à condição de escolaridade.

Prefeito Altair de Pádua assinou convênio nesta semana em Curitiba (foto: divulgação assessoria de imprensa PMTR)

TRX Online com informações da Assessoria de Comunicação PMTR